Good Morning Vietnam!!!

A guerra do Vietname marcou toda uma geração. Foi considerado um dos conflitos mais violentos da humanidade. Ocorreu entre 1959 e 1975, e a presença dos Estados Unidos na guerra, originou uma panóplia de filmes marcantes realizados sobre o tema. Entre esses estão alguns dos meus filmes preferidos. Mais de 40 anos depois, a curiosidade permanecia, a vontade de percorrer aqueles cenários de fundo, e os comentários de alguns amigos sobre as belezas do Vietname, aumentavam esse bichinho…

Nem todas as viagens que faço são programadas por mim, mas sempre pesquiso muito antes de escolher cada uma delas, e neste caso, escolhi a Agência Logitravel, uma agência com quem já tinha viajado antes, algumas vezes, e que apresentava ótimos preços para o destino escolhido.

Devo confessar, que dessa vez, fiquei um pouco apreensiva, a Logitravel é uma agência de Viagens Espanhola, que não tem lojas físicas, funciona exclusivamente através da Internet. Havia programas com circuitos que se iniciavam todas as semanas, e parecia-me impossível, que uma agência tivesse clientes para fazer programas semanalmente no Vietname durante todo o ano. Logo que comecei a fazer simulações da viagem na internet, para guardar os orçamentos, tive que preencher uma ficha com os meus dados, e no dia seguinte, já tinha uma menina com sotaque brasileiro, em um call center qualquer a me ligar e a ajudar-me com todas as minhas dúvidas. Escolhi a categoria B para o alojamento, que nos atribuiria hotéis superiores (4 estrelas ou superior). Escolhi um circuito combinado, em que além do Vietname, teria no fim 5 dias para descansar em Krabi, na Tailândia. A viagem custou-nos cerca de 2.200 € por pessoa, para 16 dias de viagem, com vôos, hotéis, cruzeiro de 1 noite em Ha Long, vôos de ligação internos no Vietnam, entradas em monumentos e museus, acompanhamento de guia no Vietnam, uma refeição diária em restaurante pré-definido, transfers e vôo para Krabi.

O visto para o Vietname é feito no Aeroporto de chegada, no nosso caso foi em Hanói. É necessário que leve uma carta convite (que é providenciada pela agência), fotografias e dólares. Não são necessárias vacinas obrigatórias.

Saímos as 15:30 do Porto, em direção à Istambul e daí para Hanói, onde chegamos às 20:50 do dia seguinte. Em Hanói a diferença horária são 7 horas no nosso Inverno.

No aeroporto de Hanói, estava a nossa espera o guia Alberto, (adotam sempre um nome ocidental, para que seja mais fácil a comunicação), e falaria connosco sempre em Espanhol. Este, depois de nos acompanhar a uma casa de câmbio no Aeroporto, para que nos transformássemos em verdadeiros milionários (100 euros correspondem a 2.633.082,50 Dongs Vietnamitas), levou-nos para o Hotel MK Premier Boutique.

O Hotel MK Premier Boutique, fica em pleno centro de Hanói, no Old Quarter, onde tudo acontece!!! É a cidade viva, com todo o ruído das motas, o trânsito louco, a movimentação das pessoas, os Hawkers de rua, as centenas de motas estacionadas em plena calçada, os riquexós, enfim… o caos!!!

Hanói

O hotel tinha quartos confortáveis, localização excelente para quem quer estar no burburinho da cidade, e um Roof Top divinal. Foi por ali que ficamos na nossa primeira noite em Hanói… a descansar, beber um copo e entrar no clima daquela cidade louca.

No dia seguinte, após o pequeno almoço no hotel, além do Alberto, estavam a nossa espera, os nossos companheiros de viagem espanhóis e mais um português. Éramos cerca de 20.

Durante todo os circuitos realizados no Vietnam, seríamos companheiros. Apenas os hotéis, por vezes diferiam.

A primeira visita seria ao Pagode Quan Tran Quoc, com cerca de 1.500 anos é o mais antigo templo Budista em Hanói. Na periferia da cidade, está localizado em uma pequena ilha no lago oeste,

Respira-se tranquilidade…

Seguiríamos em direção ao Mausoléu de Ho Chi Minh, onde se encontra o corpo embalsamado do pai do Vietname moderno.

Nguyen Sinh Cung que ficaria conhecido por um dos seus pseudónimos Ho Chi Minh, começa a trabalhar num navio Francês, instala-se em Londres, e aos 21 anos de idade parte para a França, onde vive como jardineiro e garçom. Envolve-se nos movimentos socialistas Franceses e em 1920 ajuda a fundar o Partido Comunista Francês.

Em 1923 vais para Moscovo, para estudar táticas de guerrilha. Durante a Segunda Guerra Mundial utiliza a guerrilha no combate aos japoneses, invasores da indochina. No fim do conflito forma um estado independente ao norte da região, o Vietname.

Em 1954, após o contra-ataque da França, o país é dividido em dois, o Vietname do Norte, cujo presidente é Ho Chi Minh e o Vietname do Sul (Vietcong). Ho Chi Minh, tenta reunificar o país, o que leva a guerra do Vietname. Morre em 1969, antes do fim da guerra do Vietname, Saigon, a antiga capital do Vietname do Sul, foi rebatizada posteriormente com o nome de Ho Chi Minh.

Em seguida fomos ao Pagode de um Pilar, (Chua Mot Cot), diz a lenda que o Imperador Ly Thai Thong se sentia incomodado por não ter filhos, numa noite sonhou que conheceu o bodhisattva Quan Am, que sentado em uma flor de lótus lhe ofereceu um filho. Logo depois, casou-se com uma camponesa, que lhe deu um filho e em gratidão construiu o Pagode de um pilar com a forma de uma flor de lótus, sobre a sua haste, erguendo-se de uma lagoa quadrada.

O Museu etnográfico de Hanói, foi a nossa próxima visita.

No templo da literatura, que foi a primeira Universidade do Vietname em 1076, eram observados jovens casais a fazer fotos de casamento, ou fotos de fim de curso.

Na entrada está uma fénix sobre uma tartaruga, deve-se colocar as mãos sobre a a fénix e a tartaruga para obter sabedoria e longevidade.

Para entrar no Templo, devemos entrar com a cabeça baixa, motivo pelo qual existem degraus nos portais, para que as pessoas olhem para baixo.

Confúcio está no altar principal, os seus ensinamentos são a base da sociedade e da política chinesa.

Chegando a Ho Hoan Kiem, o lago que é um verdadeiro “pulmão” para a cidade de Hanói, chama-nos a atenção a ponte The Huc, com o seu vermelho vivo.

A torre da Tartaruga no Centro do lago, relembra a lenda da restituição da espada, em que o Imperador Vietnamita, teria recebido dos céus uma espada mágica, que foi utilizada para expulsar os chineses do país. Mais tarde, essa mesma espada seria devolvida ao imperador por uma tartaruga dourada gigante, no lago.

No final da tarde, um espetáculo tradicional de Marionetas, sobre a água no Teatro Thang Long, com alusão aos contos populares e a vida rural no Vietname.

Seguimos em direção ao hotel, à bordo do nosso riquexó, com um motorista que só falava duas ou três palavras em inglês, e que a tudo que se perguntava, respondia que sim com a cabeça e com um sorriso nos lábios. Uma aventura louca e inesquecível de manobras, que davam a certeza que não seriam bem sucedidas, mas no fim, chegamos sãos e salvos ao hotel.

No dia seguinte após o pequeno almoço, uma viagem em auto-carro, cerca de 4 horas aproximadamente até a Baía de Ha Long (que significa: lugar onde o dragão entra no Oceano). Pelo caminho avistamos os campos de arroz e os búfalos d’água.

A mais conhecida baía do Vietname, tem cerca de 1.969 ilhotas de calcário que se elevam das águas verde-esmeralda e foi declarada Património Mundial da Unesco em 1993.

A melhor forma de desfrutar da beleza e tranquilidade da Baía de Halong é passar um dia e uma noite à bordo de um barco, aproveitando o Pôr e o Nascer do Sol. Nós passamos à bordo do Royal Wing Cruise (5*).

A mais famosa baía do Vietname, enche-nos os olhos, e mesmo num dia nublado, o que se vê ficará para sempre na memória. Dizem que com sol é ainda mais fabuloso. Parece difícil de acreditar.

O pôr-do-sol é indescritível. Desce lento, sereno..

Acordar de manhã, ver o nascer-do-sol, descobrir que não era um sonho, e que aquilo tudo era real… e que temos sorte de poder estar num dos locais mais bonitos do mundo!!

Rita Pinheiro

Olá!! Meu nome é Rita Pinheiro e vamos viajar juntos!! Acho importante que me conheças, para que possas confiar. Vivo em Braga, uma cidade no norte de Portugal. Sou casada, tenho 2 filhos e uma neta. Sou médica de família, e adoro viajar!!!

This Post Has 15 Comments

  1. Maravilha!!!👏🏻👏🏻

  2. Que paraíso… como sempre fotos maravilhosas!!!

  3. Espetacular!!!

  4. O paraíso na Terra, muito bem descrito e com fotos lindíssimas.
    Obrigado pela partilha.

  5. Vamos usufruir da sua experiência.

  6. Tem o dom da palavra, a maneira como descreve as suas magnificas viagens é cativante, tenho sempre curiosidade para descobrir como foi! Que vontade de ir viajar! 💋

  7. Fantástica viagem.
    Narrativa facílima de entendimento e fotos deslumbrantes.
    Despertou muito a vontade de conhecer pessoalmente.

  8. Fantástica viagem.
    Despertou muita curiosidade de conhecer pessoalmente.
    Ótima narrativa e fotos deslumbrantes.

Leave a Reply

Close Menu